Como ser fiscal do ENEM

Milhões de pessoas fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio a cada ano, em todo o Brasil, e para garantir que o exame aconteça normalmente e com segurança, a presença dos fiscais do Enem é essencial.

Fiscal do Enem

Como ser fiscal do Enem (Foto: Pixabay)

Como ser fiscal do ENEM

Os fiscais são profissionais contratados das instituições responsáveis pela realização do Enem para ajudar na aplicação das provas e em diversas outras etapas do processo, que envolve um grande número de pessoas, abrindo milhares de vagas em todo o país.

Interessado em trabalhar no Enem, atuando como fiscal? Então, confira as informações a seguir e saiba o que fazer para participar do processo seletivo para a contratação de profissionais que irão atuar na aplicação de provas do Enem.

O que faz o fiscal do Enem

O fiscal do Enem tem diversas funções a realizar, trabalhando nos dois dias de provas do exame. É ele que recebe os candidatos nos locais onde os testes são aplicados, orienta os participantes em relação à localização das salas e fiscaliza a situação de corredores e banheiros.

Fiscal do Enem

As inscrições são recebidas via internet (Foto: Pixabay)

Sabe aquele profissional que coleta as suas informações assim que você entra na sala? Ele também é um fiscal do Enem, assim como aquelas pessoas que distribuem as provas, fazem a identificação mesa por mesa, dão orientações e avisos aos estudantes, entre outras funções.

Geralmente há vagas para trabalhar no Enem ocupando as seguintes funções:

  • Aplicador
  • Aplicador Especial (intérprete, ledor, etc)
  • Assistente de Local
  • Coordenador de Local
  • Chefe de Sala
  • Fiscal de Banheiro
  • Fiscal de Volante
  • Pessoal de Apoio

Para realizar essas e outras atividades corretamente, todos os contratados participam de treinamentos e, é claro, são remunerados. Quanto ganha um fiscal do Enem? Os valores dependem da função. Nas últimas edições do exame, os pagamentos variaram de R$ 140,00 a R$ 220,00, para os dois dias de serviços realizados.

Inscrições para fiscal do Enem

Uma das maneiras de se candidatar às vagas para fiscal do Enem é procurando as instituições que auxiliam o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na realização do exame. São elas a Cesgranrio e o Cespe/UnB.

Você deve preencher um cadastro de colaboradores online, que permite a candidatura também para trabalhar como fiscal em outros processos seletivos e concursos organizados por essas empresas. As inscrições devem ser feitas nos sites da Cesgranrio e do Cespe/UnB.

Outra opção é procurar as escolas e universidades onde serão aplicadas as provas do Enem e demonstrar interesse nas vagas. Normalmente, os alunos, professores e outros funcionários têm prioridade na seleção, mas pode haver a abertura de vagas para o público externo.

Fiscal do Enem

Os fiscais desempenham diferentes tipos de funções durante o exame (Foto: Pixabay)

Certificadores do Enem

Se você é professor da rede pública municipal ou estadual ou servidor público do Poder Executivo Federal, e quer trabalhar no Enem, a dica é se candidatar às vagas de Certificadores do Enem.

Os interessados devem ter ensino médio completo e obterem aproveitamento mínimo no curso de capacitação, ministrado à distância pelo Inep. Para essa função, a remuneração é de R$ 318,00 por dia trabalhado no exame.

As inscrições são recebidas no site do Inep, mas vale lembrar que, para o Enem 2017, os cadastros estão encerrados (fique atento à abertura de seleção para a próxima edição do exame).


Add Comment